17-08-2018 | 18:10

SIGA NOS


ASSINDELP PARABENIZA DELEGADOS DO DENARC PELA OPERAÇÃO

Você está em - Home - Notícias - ASSINDELP PARABENIZA DELEGADOS DO DENARC PELA OPERAÇÃO

ASSINDELP PARABENIZA DELEGADOS DO DENARC PELA OPERAÇÃO

Diretorias da Unidades Integradas(Sindelp/Adepol/AdappAa) parabenizam os Delegados e demais policiais  civis envolvidos na Operação "Coroa Vermelha" no último final de semana que apreendeu drogas, armas e efetuou a prisão de 7 meliantes no bairro do Jurunas.

 

Durante a madrugada de hoje (19) foi deflagrada pela Polícia Civil, por meio da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), uma operação para coibir o tráfico de drogas na Região Metropolitana de Belém. No bairro do Jurunas, a operação que foi denominada Coroa Vermelha, resultou na apreensão de duas armas e R$ 5 mil em dinheiro da venda de drogas. Ao todo sete pessoas foram presas. Na Operação Coroa Vermelha participaram 120 policiais entre militares, civis e da Guarda Municipal de Belém que participaram com cães farejadores.

De acordo com o delegado geral adjunto, Rogério Moraes, a operação foi planejada a partir das análises de homicídios relacionados ao tráfico de drogas. "A gente tem feito frequentemente a análise dos crimes de homicídio na cidade que possuem uma relação direta com tráfico de entorpecentes. Nos bairros com grande quantidade de oscilação de homicídio sabendo desta correlação fizemos a operação no sentido de combater o tráfico. Isso foi fruto de uma investigação longa da Denarc e de uma força-tarefa que identificou os locais de tráfico de entorpecentes", informou.

Segundo o delegado outras ações continuarão de maneira estratégica para combater o tráfico de drogas. Dos entorpecentes encontrados, centenas de pedras de oxi foram encaminhadas para perícia.

A Polícia Civil cumpriu 25 mandados judiciais, sendo 22 de busca e apreensão e três mandados de prisão. Foram presos cinco homens e duas mulheres, apreendidas duas armas de fogo, um 380 e uma ponto 40, com identificação raspada.

OPERAÇÃO "COROA VERMELHA" FOI COMANDADA PELO DELEGADO - GERAL ADJUNTO, ROGERIO MORAES