16-10-2018 | 17:51

SIGA NOS


RADIALISTA SANDRO VALLE FALA DE SUA ATUAÇÃO NA POLÍCIA CIVIL COMO INVESTIGADOR E COMO COMUNICADOR SOCIAL

Você está em - Home - Notícias - RADIALISTA SANDRO VALLE FALA DE SUA ATUAÇÃO NA POLÍCIA CIVIL COMO INVESTIGADOR E COMO COMUNICADOR SOCIAL

RADIALISTA SANDRO VALLE FALA DE SUA ATUAÇÃO NA POLÍCIA CIVIL COMO INVESTIGADOR E COMO COMUNICADOR SOCIAL

Para quem não conhece, SANDRO VALLE, denominado carinhosamente de o "Príncipe do Rádio", 49 anos na radiofonia paraense, já foi investigador de Polícia Civil, em 1976 e Assessor de Comunicação Social durante alguns anos na gestão dos delegados Rafael Bezerra Neto e Brivaldo Soares (já falecidos) na então Coordenadoria de Polícia Civil do Pará que funcionava em prédio na rua Ângelo Custódio, atual Divisão de Operações Especiais (DIOE). Em entrevista prestada com exclusidade à Rádio Web e ao Jornal Assindelp, Sandro revela como entrou na Polícia, sua trajetória como investigador e assessor de comunicação social, os delegados com quem trabalhou, como resgatou a imagem da Polícia no episódio conhecido como a " Chacina do PAAR" que culminou na morte do deliquente conhecido como PAULO MAPARÁ,  a saudade que sente da Polícia Civil e se tivesse oportunidade, voltaria novamente  com " muito orgulho e muito prazer a integrar o quadro de assessores de imprensa da Instituição. Mandou abraços carinhosos aos diretores da Adepol, João Moraes e Fábio Veloso "a quem denominou - os amigos de longas datas". Atualmente, Sandro Valle apresenta o Programa " Flash 95" na Rádio FM RAULAND, onde completará no próximo mês  de setembro, 28 anos de atividade ininterrupta.

OUÇA A ENTREVISTA COM O RADIALISTA SANDRO VALLE

 

 

 

 

 

SANDRO VALLE: " SE TIVESSE OPORTUNIDADE , VOLTARIA A INTEGRAR O QUADRO DE ASSESSORIA DE IMPRENSA DA POLÍCIA"